Central de Notícias

Tópicos

Notícias gerais

Quais as características de COVID de longa duração?

   Compartilhar notícia

As características iniciais da doença são preditivas da duração do COVID-19, de acordo com uma carta de pesquisa publicada na Nature Medicine que fornece alguns insights sobre a apresentação clínica do COVID longo.

A análise incluiu dados de 4.182 casos incidentes do COVID-19 nos quais os indivíduos registraram sintomas auto-relatados em um aplicativo. Eles também relataram quando começaram a se sentir fisicamente normais novamente, permitindo a determinação precisa do início dos sintomas.

A duração dos sintomas nesses indivíduos foi comparada com a dos controles sintomáticos pareados por idade, sexo e índice de massa corporal (IMC) com teste negativo para COVID-19. Os pesquisadores compararam usuários com sintomas persistentes por mais de 28 dias com usuários com menor duração dos sintomas (<10 dias).

Os resultados mostram que um total de 558 participantes relataram sintomas que duraram mais de 28 dias. O COVID longo foi caracterizado por sintomas de fadiga, cefaleia, dispneia e anosmia e foi mais provável com o aumento da idade e do IMC e do sexo feminino.

Os autores afirmam que experimentar mais de cinco sintomas durante a primeira semana da doença foi associado a COVID longo. Com base nessa observação, eles criaram um modelo que poderia ser usado para identificar indivíduos em risco de longo COVID para ensaios de prevenção ou tratamento e para planejar serviços de educação e reabilitação.

Sudre CH, Murray B, Varsavsky T, Graham MS, Penfold RS, Bowyer RC, et al. Atributos e preditores de COVID longo. Nature Medicine 2021: 1-6.


Comentários

Responder
Roberto Senne de Arruda
22 Abr 2021
Bastante esclarecedor. Com certeza ajuda no acompanhamento dos casos.