Central de Notícias

Tópicos

Notícias gerais

Leishmania panamensis

   Compartilhar notícia

Trabalhador de área rural do Equador apresenta desenvolvimento de úlcera de bordas elevadas e regulares em mão direita (foto1) e espessamentos tendíneos e nódulos subcutâneos presentes na mesma região.

A biópsia por punch da borda da lesão evidenciou infiltrado linfocitário e histiócitos com amastigotas intracelulares (foto2). O PCR confirmou Leishmania panamensis.

O tratamento utilizado foi a miltefosina 50mg 3x ao dia por 28 dias e com 10 dias de terapia, havia apenas uma lesão cicatricial.

No seu MEDCode tenha acesso ao conteúdo completo de infectologia.


Comentários

Nenhum comentário enviado. Seja o primeiro a comentar!